Rinite no Inverno: 5 Dicas para amenizar os sintomas

20 de junho de 2022
Rinite no Inverno: 5 Dicas para amenizar os sintomas

A estação mais gelada do ano já mostra que o frio chegou. No entanto, como no inverno passamos mais tempo em ambientes fechados, existe uma diminuição considerável na umidade do ar, aumentando assim os sintomas de alergias, entre elas, a Rinite. 

Inflamação crônica da mucosa de revestimento nasal, a Rinite é caracterizada pela presença de um ou mais dos seguintes sintomas: Obstrução nasal, rinorreia, espirros, prurido e hiposmia. Segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia - ASBAI, essa condição atinge 30% dos brasileiros. As principais alergias respiratórias são rinite e asma, seguida da conjuntivite alérgica. Uma boa alternativa para evitar crises alérgicas é aumentar o consumo de água e usar soro fisiológico para hidratar as narinas.

 

  1. Mantenha o organismo bem hidratado: O inverno costuma ser mais seco. Dessa forma, as pessoas com alergias respiratórias, como a rinite, devem aumentar o consumo de água e, também, usar soro fisiológico para hidratar as narinas.
     
  2. Não use a vassoura para limpar o ambiente: A vassoura na hora da limpeza ajuda a espalhar os fatores alergênicos na superfície, ou seja, ajuda no contato com o ácaro e poeira, que acaba causando rinite alérgica. "O ideal é usar aspiradores de pó com filtro HEPA (Hight Efficiency Particulate Air)". Veja mais sobre o sistema de limpeza Rainbow ao clicar aqui. 
     
  3. Use umidificadores com moderação: Para evitar a secura do clima, o uso de umidificadores é uma boa solução. Porém, quando em excesso, ele pode provocar o surgimento de mofos no ambiente. Para que isso não ocorra, recomenda-se recorrer ao uso do RainMate, acessório perfeito para deixar o ar do ambiente purificado. 
     
  4. Lave as roupas de frio: Sabemos que os casacos, blusas de lã e edredons passam a maior parte do ano guardados nos armários, por conta do nosso clima tropical. Porém, quando os dias frios chegam, esses agasalhos são as primeiras peças a serem usadas. Para evitar contato com ácaros e poeira, fatores que podem desencadear a rinite alérgica, o ideal é lavar estas peças antes da chegada do inverno e guardá-las em sacos plásticos. 
     
  5. Deixe o ar circular: Quando o tempo dá aquela esfriada, geralmente nós fechamos as janelas para aquecer o ambiente, não é mesmo? Embora a maioria das pessoas recorra a esta prática, o ideal é manter as janelas bem abertas, deixando o ar circulando e diminuindo as crises de rinite alérgica, pelo menos uma vez ao dia. 
     

Prevenir ainda é a melhor maneira de tratar a rinite alérgica e outros tipos de alergias respiratórias. Mas ao sinal do aparecimento de sintomas, busque auxílio de um especialista.

FONTE: ASBAI e Brianna Nicoletti, médica alergista e imunologista pela Universidade de São Paulo.


Quer conhecer de perto os benefícios e funcionalidades do Rainbow? Então entre em contato conosco e agende uma demonstração gratuita. Temos certeza que você vai se surpreender!

0800 6006 724
Whats(11) 91212-4278

Acompanhe nossas redes sociais e confira tudo sobre o Rainbow
Instagram: @gruporainbowbrasil
Facebook: gruporainbowbrasil

Mais Fotos

Aguarde